top of page
  • DePropósito Comunicação

Dia de Doar mobiliza mais de 39 milhões de pessoas e se consolida como um dos eventos mais importantes de doação no país


No dia 28 de novembro, milhões de brasileiros realizaram ações solidárias e fortaleceram ainda mais a cultura da doação no Brasil. O Dia de Doar mobilizou mais de 7 milhões de reais, sendo mais de 5 milhões de reais em doações anunciadas por organizações sem fins lucrativos e mais de 1 milhão de reais via plataformas de doação, um aumento em 22% em relação à edição de 2022. No total, a ação alcançou mais de 39 milhões de pessoas nas redes sociais e a hashtag #diadedoar conta hoje com mais de 79 mil menções.  


Com ações espalhadas em todas as regiões do país, a iniciativa mobilizou organizações sem fins lucrativos, empresas, artistas e influenciadores, promovendo a BlackFriday das ONGs. Assim como na edição de 2022, para aumentar a visibilidade do movimento, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (RJ), foi iluminado na cor laranja no dia. Outros monumentos também ganharam destaque este ano, como o Buda Gigante, em Ibiraçu (ES), o Padre Cícero, Juazeiro (CE), e a Torre do Relógio da USP, em São Paulo (SP), reforçando a mensagem de solidariedade e empatia, em uma iniciativa liderada pelo Instituto Phi.


“Pudemos perceber que em 2023 o Dia de Doar se tornou parte do calendário de todo o terceiro setor, que se uniu para dar voz à importância que a participação da sociedade civil tem em suas atividades, seja através de doações de qualquer tipo de itens ou dinheiro e voluntariado”, afirma Fernando Nogueira, líder do movimento no Brasil. 


Impacto 2023

A ABCR conta com um Programa de Dados, que identificou que mais de 1,7 milhão de reais foram doados on-line. São parceiros no Programa as empresas Abacashi, Abrace uma Causa, Apoia.se, Arredondar, Benfeitoria, Bliiv/Risü, Captador, Catarse, Doação Solutions, Doare, Doe Bem, Grifa.me, iFood, Mercado Pago, Propago/Altrus, Reapp, Ribon, Sitawi, Trackmob e Voaa. 


Em 2023 também, o Dia de Doar teve um aumento em 27% no número de campanhas comunitárias ativas, passando de 70 para 92. Uma outra conquista do Dia de Doar foi em relação ao projetos de leis aprovados que instituíram a data no calendário oficial, sendo que as cidades que aderiram foram São Luís (MA), Viamão (RS), Araras (SP), Goiás, Paranaguá (PR), Cordeiro (RJ), Barbacena (MG), Mauá (SP), Maranhão, Macaíba (RN), Distrito Federal (DF), Fazenda Rio Grande (PR), Rondonópolis (MT), Parnaíba (PI), Forquilhinha (SC), Santos (SP), Jaboticabal (SP), Campinas (SP), Conquista (MG), São Sebastião do Paraíso (MG), Goierê (PR), Uberaba (MG), Mato Grosso (Estado), Uberaba (MG), Glória do Goitá (PE). 


“As lideranças comunitárias que promovem a data pelo país tiveram um papel determinante no aumento de cidades em que agora está oficializada por lei a comemoração do Dia de Doar. Passamos de 26 cidades com o PL aprovado em 2022 para 51 em 2023, reforçando a força e a importância das ONGs em se unirem para lutar por seus direitos e reconhecimento”, reforça Carolina Farias, líder do Dia de Doar. 


Confira algumas das ações pelo Brasil

O Dia de Doar mobilizou organizações sem fins lucrativos, pessoas físicas, órgãos públicos e empresas, de todas as origens e em todas as regiões do país. Confira algumas das incontáveis ações: 


Celebridades e influenciadores

As celebridades e os influenciadores aderiram ao movimento, incluindo nomes como Ivete Sangalo, João Cleber, Gabriela Prioli, Zeca Baleiro, Elba Ramalho, Fábio Porchat, Thiago Camilo (medalhista), João Paulo Pacífico, Alok, Caçadores de Bons Exemplos, Dr. Felipe Rossi, entre outros. A imprensa também marcou presença e fez uma cobertura massiva do Dia de Doar, desde mídias regionais a programas nacionais, como TV Cultura, Jornal Hoje, Jornal Nacional, Record News, CNN, Folha de S. Paulo, O Globo, e muito mais, totalizando mais de 1.200 notícias, entre os meses de novembro e dezembro de 2023. 


ONGs de todo o país se mobilizaram 

Já as organizações sem fins lucrativos realizaram ações em todas as regiões do país. A ONG Cidade dos Meninos, de Belo Horizonte (MG), por exemplo, fez visitas às escolas de classe média, levando o coral infantil das crianças para sensibilização e arrecadação de recursos entre as famílias, e lançamento da campanha no Mercado Central de Belo Horizonte, com o embaixador, empresário e doador da organização Rafael Lacerda. No dia 28, a ONG realizou uma atividade com uma bancada de ligações (no modelo do Criança Esperança) e cada pessoa da organização parou 30 minutos para fazer chamadas para familiares, amigos e conhecidos pedindo PIX, além de um highline na Praça Rodoviária, no centro da cidade, e ações de slackline com vários atletas a nível nacional e flashmob para chamar atenção dos passantes, junto com banner da campanha do Dia de Doar. 


Já o Sistema Divina Providência fez uma mobilização em suas 14 unidades, incluindo Cidade dos Meninos, Centro Infantil, CEDIPRO, Creche União, Lar dos Meninos, Centro Administrativo (CAD) e todos os oito Centros de Formação Profissional (CFP's). Durante o evento, cada unidade realizou uma bancada de ligação, abordou pedestres para explicar a campanha e ofereceu a oportunidade de doação através de valores em dinheiro, seja depositando no Cofrinho Solidário ou utilizando meios digitais, como PIX ou o aplicativo da instituição.


A Plan International Brasil, organização humanitária que promove os direitos das crianças e a igualdade para as meninas, também aderiu ao movimento e, no dia 28, todo o valor arrecadado com a venda do tradicional Spaghetti aos frutos do mar (R$ 92) na unidade Mistura Contorno, foram revertidos em doações para a organização. 


A Ação da Cidadania, que há 30 anos realiza a campanha Natal sem Fome, entrou no movimento e realizou parte da campanha, neste ano chamada “Nesse Natal, o melhor presente é a sua solidariedade”, e planejou distribuir mais de 2 mil toneladas de alimentos em todo o país até o Natal, arrecadando doações no Dia de Doar. 


Já o Greenpeace também aderiu ao Dia de Doar e promoveu uma ação de arrecadação nesta edição, destinada exclusivamente à campanha Asas da Emergência, que ao lado dos parceiros, compra e entrega suprimentos emergenciais, como alimentos, água e itens de higiene pessoal para populações vulnerabilizadas pela seca – em especial, povos indígenas e comunidades tradicionais. Para arrecadar recursos para o meio ambiente, a SOS Mata Altantica, que promove políticas públicas para a conservação da Mata Atlântica, pediu doações para defender o bioma que tem menos de 30% de suas florestas preservadas.


Empresas também se uniram a data

Com um aumento do impacto do Dia de Doar, algumas empresas também aderiram ao movimento e realizaram campanhas entre seus colaboradores e clientes. O C6 Bank elaborou em seu site uma página especial para orientar os seus clientes em como escolher uma ONG para doar pelo seu app (C6 Store). Já o marketplace Shopee promoveu uma campanha especial para celebrar os 10 anos do Dia de Doar, com o objetivo de incentivar as contribuições para as entidades parceiras, como GRAACC, Instituto Novo Sertão e Instituto Rede Mulher Empreendedora, cobrindo metade das doações dos usuários por meio de um cupom de 50% OFF oferecido na plataforma.  


A Smile, plataforma de viagens e programa de fidelidade da GOL, também marcou presença no Dia de Doar, por meio do seu programa social Milhas do Bem. A marca fez um post em collab no Instagram com os influenciadores Estevam pelo Mundo, Hariana Meinke e Preta Demais, e a cada compartilhamento do post, a Smiles doou 200 milhas para as instituições parceiras. 


Já o complexo multiuso “A Cidade Center Norte”, formado por quatro empreendimentos, Shopping Center Norte, Lar Center, Expo Center Norte e Novotel, participou do “Doa Zona Norte”, uma campanha comunitária que incentiva pessoas e empresas à prática da doação. A ação, idealizada pelo Instituto Center Norte, por meio de uma parceria com a Estapar, destinou o valor arrecadado nos estacionamentos, descontadas as taxas e os impostos, para o Instituto. Essa é a quarta vez consecutiva que o complexo promove a campanha. 


O Hospital Infantil Sabará doou 81 kits do PORcausa (um projeto de incentivo à cultura de doação da Base Colaborativa), entregues aos pacientes do Hospital e do Instituto PENSI, como uma atividade educativa que busca estimular essa iniciativa. O kit é composto por um cofre em formato de porquinho, tintas, pincel para colorir e um manual explicativo sobre o Dia de Doar, gerando interatividade, criatividade e conscientização.


Outras empresas que aderiram ao movimento foram Grupo Pão de Açúcar, Banco Inter, BTG Pactual, Uber e Globo Play, Instituto MOL, Votorantim, Sociedade Comercial Mercolub ltda, P7 Criativo, Oral-B, Colégio Objetivo Indaiatuba e Colégio Montreal, Quitanda (Grupo Raízes), Nossa Casa, NICKY OOH, Luchesi Advogados, Novonor, Posto Mercolub de Montes Claros, Rede D'Or, FleishmanHillard Brasil, Novo Mundo S.A., Pinheiro Neto Advogados, entre muitas outras.


Incentivo às campanhas comunitárias

Para incentivar a realização das campanhas comunitárias, o movimento lançou, pelo terceiro ano consecutivo, o Edital de Apoio à Filantropia Comunitária, com um aporte de R$ 45 mil às campanhas. Trinta iniciativas receberam até 1 mil reais para ajudar a alavancar suas campanhas locais e outras 10 cidades receberam um capital semente de R$ 500 para dar o pontapé inicial da campanha na região. Além disso, foi oferecido um apoio adicional de R$ 1.000 para dez cidades ou coalizões que realizem atividades presenciais para contratação de equipe audiovisual para acompanhar a mobilização. 


Como surgiu o Dia de Doar

O Dia de Doar faz parte de um movimento mundial chamado #GivingTuesday (terça-feira de doação). A iniciativa aconteceu pela primeira vez nos Estados Unidos, em 2012, e é realizada sempre na terça-feira após o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving), uma resposta solidária à Black Friday e à Cyber Monday. No Brasil, a primeira edição foi em 2013 e, no ano seguinte, o país entrou oficialmente no movimento global. Liderado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), o Dia de Doar faz parte do Movimento por uma Cultura de Doação e, neste ano, conta com  apoio do Movimento Bem Maior e do Morro do Conselho Participações.


O Dia de Doar é uma iniciativa que visa estimular a doação de pessoas físicas, empresas e organizações, e tem um papel fundamental ao mostrar que todos podem participar, fortalecendo o hábito de doar como parte do cotidiano das pessoas. Já as organizações sem fins lucrativos podem realizar ações para receber doações, virtuais ou presenciais. No site do Dia de Doar (www.diadedoar.org.br) estão disponíveis mais informações, dicas, materiais e manuais para quem quiser realizar sua própria ação de doação no dia 28 de novembro. Para assistir o vídeo da campanha do Dia de Doar, clique em https://www.youtube.com/watch?v=8Lkhydx1F00.

Commenti


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page