top of page
  • DePropósito Comunicação

Atletas de wrestling visitam a Bienal do Livro durante o Festival Mempodera


Nos dias 04 e 05 de dezembro aconteceu o Festival Mempodera, em Cubatão (SP),  organizado pela Mempodera, instituição que oferece aulas de Wrestling e inglês para meninas e meninos em Cubatão e São Luís (MA). Cerca de 150 crianças de Cubatão inscritas no projeto participaram, além das 13 que vieram de São Luís, junto com quatro mães e quatro integrantes da equipe. O evento também contou com a participação especial de atletas do Sesi Cubatão.


“É muito bom ver essa quantidade de meninas em um festival e praticando o wrestling. É como se fosse a consagração do nosso trabalho e da nossa metodologia. Sabemos que é uma cena rara ver meninas praticando luta em qualquer lugar do mundo”, destaca Aline Silva, fundadora da Mempodera. 


Atividades de integração e visita a Bienal foram destaque

No primeiro dia, ocorreu um torneio entre os inscritos, possibilitando a integração dos núcleos, no Sesi Cubatão. Atividades que reforçam os aprendizados da organização, assim como o empoderamento feminino também foram realizadas. “Foi uma experiência única, conhecemos novas pessoas, lutamos por pura diversão e ao mesmo tempo comemoramos as vitórias e derrotas de todas. Tenho certeza que vai ser algo que vamos levar pra vida”, afirma Maria Eduarda Uliana da Silva, atleta da Mempodera em Cubatão. Para Raysa Jamilly Silva, que veio de São Luís para participar, conhecer outras atletas tornou tudo mais especial. “Gostei de ter conhecido e visto a Aline Silva pela primeira vez pessoalmente, só tinha visto por foto. Gostei também de ver outras meninas que também participam do projeto”. 


Já o dia 05 foi repleto de novidades e vivências. Pela manhã, as crianças e os adolescentes tiveram diversas atividades no Centro Esportivo de Cubatão. "O trabalho desenvolvido com as crianças, adolescentes, mães e professoras presentes superou as expectativas, no sentido de que proporcionou reflexões críticas acerca de temas como gênero, direitos e esporte, com um grupo tão diverso, principalmente em relação à idade - desde oito a 38 anos. As pessoas se envolveram em todas as propostas. Foi muito gratificante realizar esse trabalho", destaca a psicóloga Angela Bernardes, integrante da equipe Mempodera que participou das atividades.


À tarde, a Unipar, patrocinadora e parceira da Mempodera, levou as atletas para uma visita à Bienal de São Paulo, que acontece no Parque Ibirapuera, na capital paulista, até 10 de dezembro.


Para as mães, a experiência do Festival também foi bastante positiva. “Fico agradecida de ter participado desse evento maravilhoso e muito gratificante. Minha filha amou cada momento. Percebi que ela melhorou bastante seu desempenho e que continua caminhando no objetivo e fazendo o que ama. As outras meninas também estão de parabéns pelo desenvolvimento por continuarem focadas nos seus objetivos, assim como as professoras, que merecem parabéns pelo trabalho bonito que fazem com as nossas meninas”, parabeniza Katiuscia Mendes Tudes, de São Luís. 


O Festival foi organizado pela Mempodera e apresentado pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, e contou com patrocínio da Vivara, CMOC, Unipar e Grupo Ultra.

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page