top of page
  • DePropósito Comunicação

Aplicativo evita desperdício de mais de 1 milhão de quilos de alimentos que seriam descartados


Todos os anos, cerca de 27 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas no Brasil, segundo um levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU). Grande parte dos itens excedem a data de validade antes mesmo de chegarem aos supermercados. Para evitar que isso ocorra, o aplicativo SuperOpa mapeia as distribuidoras e realiza a venda e entrega dos produtos com até 70% de desconto em relação aos varejos tradicionais. Só no ano passado, o negócio social cresceu cerca de 400%, o que representa mais de 1 mil toneladas de alimentos e produtos salvos, ou ainda, mais de 20 milhões de reais gerados em economia.


O impacto positivo do SuperOpa não se reverte apenas na democratização do alimento, visto que mais da metade da população brasileira sofre com algum grau de insegurança alimentar. São 125 milhões de pessoas sem acesso regular e permanente aos alimentos, de acordo com o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil (VIGISAN). Com os preços baixos, mais pessoas conseguem ter acesso a uma alimentação estável e o meio ambiente também é afetado positivamente. Ao evitar o descarte de um milhão de quilos de alimentos em 2022, o aplicativo impediu a emissão de mais de 2,1 mil toneladas de dióxido de carbono na atmosfera e atendeu 10 mil consumidores das classes C e D, que economizaram mais de R$ 3 milhões em compras.


“O varejo tradicional não aceita embalagens macro avariadas, mas nós conseguimos avaliar se os itens internos são de boa procedência e comercializamos esses itens. O processo logístico convencional é muito mais complexo, e não permite que os itens estejam com a validade curta. Alguns itens com seis meses de validade já não são aceitos. Graças a nossa tecnologia, temos rapidez para negociar esses produtos, trazer para o nosso centro de distribuição e prontamente oferecer ao consumidor pelo aplicativo, evitando o desperdício”, explica a head de marketing do SuperOpa, Cristiane Lamanna.


Excedente das indústrias são comercializados com valores menores

Presente, por enquanto, no estado de São Paulo, o SuperOpa trabalha com o excedente de estoque das indústrias de alimentos que seria descartado devido à sazonalidade, a erros de previsão de demanda e de produção, a mudanças de embalagem ou embalagens avariadas e à proximidade com a data de vencimento. O aplicativo também comercializa produtos de higiene pessoal como shampoos, sabonetes, cremes dentais, entre outros.


Com uma cadeia de fornecimento menor que os varejos tradicionais, o aplicativo facilita a entrega do alimento que está prestes a vencer para o consumidor final, como explica Cristiane. “As distribuidoras nos oferecem os itens que estão com validade curta ou avaria na embalagem master, e nós negociamos o preço, frete e agilidade em tudo isso, para não perdermos tempo e produto”.


A iniciativa estabelece uma pequena margem sobre as compras de mercadorias com prazo de validade menor e sobre os produtos convencionais, a fim de tornar o produto mais acessível para o público. Os prazos de entrega também são pensados na economia, e os alimentos são entregues em um dia, já as bebidas podem demorar até três.


O SuperOpa é uma solução inédita na América Latina, lançada em 2019, e já passou pela maior aceleradora de empresas de impacto do Brasil, a Quintessa, pela Oracle Startup Cloud Accelerator, iniciativa global da Oracle, que seleciona anualmente as seis startups mais inovadoras para participarem de um programa de aceleração de empresas e pelo CTO Fellowship 2022. Em 2022, o SuperOpa foi escolhido dentre milhares de startups para ser acelerado pelo Google for Startups.


Uma das metas do aplicativo é evitar que 1 milhão de pessoas sofram de insegurança alimentar até 2025, contribuindo para atingir o objetivo de desenvolvimento sustentável 2 (fome zero e agricultura sustentável) e o objetivo de desenvolvimento sustentável 12 (consumo e produção responsáveis) da ONU até 2030. Outra meta é de até o final do ano, superar o número de alimentos salvos em 2022.


Como funciona?

O SuperOpa está disponível para download em celulares com sistema operacional Android e IOS e possui todos os produtos encontrados em supermercados. As categorias mais vendidas são laticínios, snacks, mercearia, higiene, alcoólicos e bebidas. De maneira similar às redes convencionais, o SuperOpa também oferece a super terça, um dia em que alguns produtos têm maiores descontos.


Uma tendência que o SuperOpa espera que se torne rotina para seus consumidores é a de adaptação aos produtos disponíveis no dia, o que também contribui para um menor desperdício. Nem toda semana os itens comprados poderão ser os mesmos, porque a venda depende da disponibilidade dos fornecedores. A ideia é que o consumidor realize a compra e tenha uma alimentação de acordo com os produtos disponíveis no dia, ajudando a salvar alimentos que muitas vezes podem ser perecíveis e, caso não sejam vendidos, irão estragar.


Para proporcionar uma alimentação completa e com preços mais acessíveis para as classes C, D e E, o aplicativo usa uma tecnologia para mapear a cadeia de suprimentos e produtos que correm o risco de serem descartados. Atualmente, a plataforma possui mais de 60 mil usuários cadastrados, que possuem uma renda mensal bruta bastante variada.


Até 72% dos alimentos desperdiçados no Brasil podem ser reaproveitados com a ferramenta. O negócio possui um centro de distribuição, localizado em Campinas (SP). De lá saem os produtos que os consumidores recebem em suas residências ou em um ponto de pickup próximo. Há também contêineres que facilitam a entrega dos pedidos para consumidores que moram em periferias e em comunidades de difícil acesso, gerando ainda mais economia para os usuários.

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page